Cascais transforma parques em praias

Fonte: Duarte Drago

A Câmara Municipal de Cascais vai transformar 18 áreas verdes do concelho em pequenas praias sem areia, mas com zonas de água. A iniciativa tem como objetivo tirar a pressão do litoral, uma vez que as praias vão ter lotação limitada devido à Covid-19.

“Faça praia no parque” é o nome da iniciativa que tem início na próxima sexta-feira, dia 15 de maio, com a fase de experiência “piloto”, adianta o Público. Os primeiros quatro parques a transformarem-se em praias são o Parque Marechal Carmona, a Quinta da Alagoa, a Quinta de São Gonçalo e o Parque do Penedo.

Vai ser possível as pessoas estenderem as toalhas nos parques e se refrescarem devido às estruturas de água recentemente colocadas. O propósito é dar alterativas a quem não conseguir um lugar na areia, mas “sem esquecer que estamos a passar por uma pandemia e que há regras da Direção-Geral de Saúde a cumprir”, esclarece a vereadora com o pelouro do Ambiente, Joana Balsemão.

Cada parque terá uma lotação máxima e regras a cumprir. Logo à chegada, cada família ou pessoa vai ser encaminhada para um local, que estará delimitado, tendo cerca de 12 metros quadrados. Esse espaço terá uma lotação, calculada com base na área útil do parque, excluindo áreas florestadas e lagos.

De forma a garantir o bom funcionamento desta iniciativa, e por esta ser apenas uma experiência “piloto” ainda, o município pretende fazer questionários aos utentes para entender o que pode ser melhorado. Para além disto, o município assegura uma equipa de voluntários para dar auxílio nos parques, caso seja necessário. Estes voluntários, que estão também espalhados pelas praias e paredão de Cascais, têm como função sensibilizar os utentes relativamente às regras de uso destes locais. A vereadora aponta que estes “vão ser um alicerce importante desta iniciativa”