Combate de UFC cancelado após lutador testar positivo à covid-19

Fonte: Mike Roach/Zuffa LLC

O próximo combate do brasileiro Jacaré Sousa, foi cancelado, depois de ter testado positivo ao vírus covid-19. Dois dos elementos da sua equipa técnica também estão infectados.

Um dos combates marcados no cartas deste sábado, em Jacksoonvile, Flórida, foi obrigado a ser cancelado pela organização do Ultimate Fighting Championship (UFC), após o brasileiro Jacaré Souza ter sido acusado como positivo no teste da covid-19.

O combate inicialmente tinha sido marcado para 18 de Abril, e o brasileiro iria defrontar Uriah Hall no UFC 249, em Nova Iorque, mas devido à forma da nova pandemia, teve de ser recalendarizado. 

A UFC, em comunicado, explicou que “a equipa médica do UFC examinou Souza e dois dos elementos da sua equipa e concluiu que estão actualmente assintomáticos”. O evento vai ser transmitido nos canais de TV pagos, mas será realizado à porta fechada. 

Todos os lutadores foram testados à chegada, e muito permaneceram em isolamento nos quartos, em Florida, enquanto se preparavam para o combate. A UFC, ainda acrescentou que “Os três abandonaram o hotel da concentração e ficarão em auto-isolamento, devidamente monitorizados pela equipa médica do UFC, que lhes prestará a assistência necessária”

Os 11 combates deste sábado vão prosseguir, e um deles conta com uma das estrelas em ascensão no circuito de MMA, o luso-cabo-verdiano Yorgan de Castro.