Dia Mundial da Língua Portuguesa celebrado pela primeira vez

Fonte: iStock

O Dia Mundial da Língua Portuguesa assinala-se oficialmente esta terça-feira pela primeira vez. Foram várias as iniciativas a decorrer durante o dia, nomeadamente uma cerimónia e um concerto online que contou com várias personalidades lusófonas.

Apesar da data ter sido oficializada o ano passado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), no dia 5 de maio já era comemorado, desde 2009, o Dia da Língua e da Cultura Portuguesa, instituído pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Foi nesta terça-feira que, pelas 12h00 de Portugal, foi transmitida a iniciativa no canal de YouTube do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua. Esta resultou da parceria entre o Camões, a representação portuguesa na UNESCO, ONUNews e a RTP.

Foram difundidas mensagens do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, do Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, do primeiro-ministro português, António Costa, do chefe de Estado de Cabo Verde e presidente em exercício da CPLP, Jorge Carlos Fonseca, do secretário-executivo da CPLP, Francisco Ribeiro Telles, e do embaixador Sampaio da Nóvoa, representante de Portugal na UNESCO.

A estes juntaram-se cerca de 20 personalidades do mundo lusófono incluindo escritores, músicos, cineastas e cientistas. Alguns dos nomes que marcaram presença foram Mia Couto, Manuel Alegre, Carminho, entre outros.

O concerto online contou com músicos de todos os países como Aline Frazão, de Angola, Manecas Costa, da Guiné-Bissau e Zé Camarada, de Timor-Leste.

Para além destas, existiram outras iniciativas organizadas para celebrar a data. O projeto “Contos do Dia Mundial da Língua Portuguesa” consistiu num desafio por parte do instituto Camões, da Porto Editora e do Plano Nacional de Leitura (PNL) em que os alunos de português escreveram um conto original, de uma a três páginas. Outra atividade foi organizada pelo Teatro Nacional de São Carlos (TNSC). Camões foi celebrado com a história de Pedro e Inês e com o soneto “O céu, a terra, o vento sossegado…”, escolhido por Eugénio de Andrade.

O português é a língua oficial dos nove países-membros da CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) e de Macau, abaixo representados, para além de ser atualmente falado por mais de 260 milhões de pessoas em todos os continentes do globo, ou seja, 3,7% da população mundial.