Jamor sem condições para receber Final da Taça de Portugal

Foto: Lusa

Pela primeira vez desde 1983, a final da Taça de Portugal não se vai realizar no Estádio Nacional (Jamor), em Lisboa. A imprensa desportiva avança que Aveiro e Algarve são agora os favoritos a receber o jogo entre Benfica e FC Porto

A falta de condições para garantir as normas impostas pela Direção-Geral da Saúde é a principal razão para saída de cena do histórico Estádio Nacional do Jamor. A Federação Portuguesa de Futebol procura, assim, um recinto mais moderno e com melhores condições de acesso.

A última final a ser disputada fora do Jamor foi a da época 1982/1983, curiosamente com os mesmos protagonistas. Na altura, o Benfica visitou o Estádio das Antas, no Porto, para derrotar os dragões por 1-0.

Depois de 7 edições divididas entre o Campo das Salésias e o Estádio do Lumiar – ambos na capital –, o Estádio Nacional do Jamor começou a receber finais da Taça em 1945. Desde então, só por 5 ocasiões outro estádio recebeu o jogo de decisão da prova.

Infografia: Vasco Borges

FC Porto vs. Benfica entre Aveiro e Algarve

A final de 2020, que põe frente a frente dois dos clubes mais titulados da prova, deverá assim realizar-se no Municipal de Aveiro ou no Estádio Algarve, em Loulé. Ambos os recintos foram construídos para o Euro 2004 e oferecem as condições necessárias para a realização do evento.

O Municipal de Aveiro é a casa do SC Beira Mar e também tem recebido finais da Supertaça e jogos da seleção nacional Foto: Eduardo Pina

Benfica e FC Porto vão se encontrar na Final da Taça pela 10ª vez. O saldo é favorável aos encarnados, com oito vitórias, contra apenas um triunfo dos azuis e brancos – no longínquo ano de 1958.

O último confronto entres estes dois clubes, no jogo decisivo da Taça, foi em 2004. Na altura o Benfica, derrotou o FC Porto – que nesse ano conquistou a Liga dos Campões e o bicampeonato – por 2-1, no prolongamento.