Miguel Albuquerque pondera candidatura às Presidenciais 2021

Pedro Calado vê com "muito bons olhos" uma candidatura de Miguel ...
Foto: Joana Sousa

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque revelou, à Rádio Observador, que não descarta ser candidato nas Presidenciais do próximo ano. É o quinto nome a cair nas cogitações para Belém.

Na entrevista concedida na passada quarta feira, 20 de maio, Miguel Albuquerque alertou para falta de um candidato de centro-direita na corrida a Belém. O líder PSD Madeira teceu duras críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, acusando-o de ser uma “bengala” do governo de António Costa.

“Se o candidato do primeiro ministro, for o atual Presidente da Républica, os PSD tem duas opções: ou dá liberdade de voto ou apoia um outro candidato da área do PSD”

Miguel Albuquerque à Rádio Observador

Para o líder do PSD Madeira um eventual apoio de António Costa a Marcelo de Rebelo Sousa é sinónimo de “unanimismo”. Dependo da evolução da situação – que considera ser, neste momento “bizarra” – Albuquerque reitera que a sua candidatura “é uma hipótese, que nunca é de descartar”.

Miguel Albuquerque rejeita cisões no Governo Regional de coligação
Albuquerque é presidente do Governo Regional da Madeira desde 2015
Foto: Gregório Cunha/Lusa

Miguel Albuquerque diz não querer umas presidenciais “reduzidas a uma agenda de esquerda”, considerando que o país necessita de uma estratégia de crescimento económico “através de uma regionalização concertada, que esbata as assimetrias”. Avisa ainda que não sai do Governo Regional durante o processo de candidatura.

Marcelo Rebelo de Sousa com outras preocupações (para já)

Há que ponderar o prolongamento do regime de layoff simplificado ...
Foto: Miguel Figueiredo Lopes/Lusa

No início do ano, o atual Presidente da República, remeteu qualquer decisão em relação à recandidatura para novembro. No passado dia 18 de maio, considerou que essa é uma questão que não o preocupa minimamente, a ele e aos portugueses.

As personalidades do atual Presidente da República e do atual primeiro-ministro combinam-se harmoniosamente. O país ganhou com isso e nos próximos tempos precisa que essa articulação continue

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, no podcast “Política com Palavra”

Se à esquerda Marcelo parece ter apoio de António Costa, é esse mesmo apoio que tem causado mau estar no seio do PSD e na direita partidária. Mas para o Presidente da República as presidenciais são tema para “a bolha mediática” e “não são a prioridade”.

Ana Gomes admite avançar

Depois de em janeiro ter descartado a candidatura, Ana Gomes admite agora entrar na corrida a Belém. Para a ex-eurodeputada socialista Marcelo “é um candidato do regime”, que vai “polarizar a sociedade e facilitar a vida dos extremos”.

Ana Gomes, sobre as presidenciais: “Não sou candidata, mas todos ...
Ana Gomes foi eurodeputada entre 2004 e 2019 Foto: Cristina Bernardo

Ana Gomes mostrou-se incrédula com o lançamento que António Costa fez à recandidatura do atual Presidente da República, durante uma visita conjunta à AutoEuropa. Diz estar disposta a refletir na sua candidatura, alertando para a necessidade de o PS ter “um candidato próprio”.

“Eu não sou candidata e não tenho ambição de ser candidata, mas acho que o que se passou é tão grave, com tantas implicações para a democracia, que fico muito preocupada pelo meu partido e pela democracia.”

Adolfo Mesquita Nunes lançado pela direita

Adolfo Mesquita Nunes demite-se de vice-presidente do CDS - ZAP
Mesquita Nunes reúne apoios no PSD, CDS e Iniciativa Liberal

Com o apoio de Costa a Marcelo a causar comichão em toda a esfera partidária, o jornal Expresso avança que a candidatura Mesquita Nunes parece ganhar força, com apoios “PSD à Iniciativa Liberal”.

O mesmo semanário refere que o antigo vice-presidente de Assunção Cristas, no CDS, é visto como uma alternativa entre Marcelo Rebelo de Sousa e André Ventura. Para além disso, terá deixado boa impressão quando foi secretário de Estado do Turismo, no primeiro Governo de Passos Coelho.

André Ventura já anunciou a candidatura

Expresso | Chega recomenda reorganização e reforço de efetivos nas ...
Foto: Tiago Petinga/Lusa

“Por Portugal Pelos Portugueses” é o lema da candidatura de André Ventura, apresentada em fevereiro. “Marcelo Rebelo de Sousa é a face deste sistema. Nós somos precisamente o oposto”, reiterou num vídeo enviado a dirigentes e militantes do Chega.

O deputado tem deixado duras críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, acusando-o de não se pronunciar sobre o “combate à corrupção”, as “condições de trabalho das forças de segurança” ou as “dificuldades do Ministério Público na investigação e políticos”.