Países europeus que levantaram confinamento não registam aumento de casos

Fonte: iG Tecnologia

Dentro do velho continente a República Checa, Áustria, Dinamarca e Noruega foram os primeiros a reduzir as medidas de confinamento. No entanto, não têm registado aumento no número de infetados. De salientar, que estes países não foram dos mais afetados na Europa.

A República Checa levantou algumas medidas logo na primeira semana de abril, como a reabertura do pequeno comércio e infantários. Em território registam-se pouco mais de 8 mil casos e as mortes não chegam a 300.

Segundo os números disponibilizados pela Organização Mundial de Saúde, em que se contabilizaram 54 países europeus, estes 4 estão entre o 18º e 23º lugares. Perante estes resultados entende-se o porquê de o desconfinamento ter começado mais cedo.

“Não notámos, até agora, que a reabertura das escolas e creches tenha tido um efeito negativo na situação epidemiológica”, são palavras de Frode Forland, responsável do Instituto de Saúde Pública norueguês. A Noruega iniciou o desconfinamento no passado dia 20 de abril.