Testes de imunidade vão ser feitos em Portugal dentro de duas semanas

Fonte: Divulgação/Pexels

Portugal abandonou o estado de emergência no passado domingo, mas o Governo não deixa esquecer que a prevenção deve continuar. Por este motivo, dentro de duas semanas, o País será submetido ao Inquérito Serológico Nacional. Pretende-se assim “descobrir a percentagem da população portuguesa que está imune ao novo coronavírus”, adianta a NIT.

No total, serão testadas 2700 pessoas, de diferentes faixas etárias. Os investigadores vão covidar utentes de laboratórios e unidades de saúde, que se encontrem a fazer análises de rotina, a “doarem uma porção extra de sangue”. As amostras recolhidas, em mais de 100 locais do país, vão então ser submetidas ao teste de imunidade.

Fonte: MyHealtheVet

Embora a participação no estudo seja voluntária, apenas aqueles que foram convidados poderão fazer parte. Evita-se assim que camadas específicas da população peçam para ser testadas, o que possibilita uma investigação com resultados o mais fiéis possíveis da realidade.

O Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge revelou à TSF que, se não houver imprevistos, os resultados deverão ser conhecidos na segunda quinzena de junho. Os participantes vão poder “receber os seus resultados de imunidade”, mas não há, para já, nenhum “certificado de imunidade a ser pensado”.