UEFA distribui 236,5 milhões de euros para ajudar federações europeias a combater efeitos da Covid-19

Fonte: UEFA

De modo a ajudar a combater as consequências da pandemia, a UEFA anunciou hoje que terá distribuído um total de 236,5 milhões de euros (ME) pelas 55 federações-membro.

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin adiantou que cada uma das 55 federações vai receber até 4,3 ME “no decorrer desta temporada e da próxima, para investirem na recuperação do futebol local”.

O valor é proveniente do fundo “HatTrick”, habitualmente distribuído às federações para “cobrir custos correntes e ajudar ao desenvolvimento do futebol local”. Atendendo à situação vivida atualmente, “a UEFA decidiu deixar que cada federação defina as respetivas prioridades, perante o impacto negativo causado pelo novo coronavírus no futebol”.

“O nosso desporto está a enfrentar um desafio sem precedentes, devido à crise provocada pela Covid-19. Acredito que é nossa responsabilidade ajudarmos o máximo que pudermos e sinto-me orgulhoso pela união que todo o futebol está a demonstrar nesta fase. O futebol vai ser fulcral para ajudar o quotidiano a voltar ao normal e, quando essa altura chegar, terá de estar preparado para assumir esse papel”, afirmou o presidente.

Ao longo dos anos, foram vários os rostos a assumir a presidência da UEFA. O Polis faz-lhe uma viagem no tempo aos primórdios da organização, permitindo-lhe recordar os presidentes ao longo dos anos.

Infografia por: Francisco Madaíl